Eventos

Projeto Seda Brasil representa UEL na Expo Japão 2019

A equipe do projeto “Seda – o fio que transforma” participa a partir desta quarta-feira (19) da 58ª Exposição Agrícola (ExpoJapão), que prossegue até o próximo dia 23 na Acel, na Estrada do Limoeiro, na zona leste de Londrina. Pelo terceiro ano consecutivo o projeto participa da programação oficial do evento, realizado pela comunidade japonesa de Londrina. O objetivo é evidenciar a cultura oriental, com ênfase em uma rica programação artística.

18-6-2019-g-expo

A participação na feira é uma iniciativa da UEL em parceria com a Bratac e a Abraseda. Segundo a professora Cristianne Cordeiro Nascimento, coordenadora do projeto e diretora de Planejamento e Integração Acadêmica da Pró-reitoria de Planejamento (PROPLAN), a novidade desse ano será a apresentação de estudantes em encenações relacionadas à temática da feira. O público visitante poderá ver apresentações sobre a Lenda da Deusa Seda e sobre a Origem da Seda. As duas encenações buscam resgatar a história milenar da produção e manufatura da fibra natural, desde a criação das lagartas até a fiação do fio. Também serão demonstrados o processo de fabricação e desenvolvidas atividades de pintura em seda.

Historicamente, a seda é utilizada para produzir tecidos leves, brilhantes e macios. Os tecidos são usados em camisas, vestidos, blusas, gravatas, xales e outros com aparência cintilante, devido à estrutura triangular da fibra. A seda foi considerada a mais valiosa mercadoria da China, sendo que o processo de tecelagem seda continua o mesmo nos dias de hoje. O Paraná detém mais de 90% da produção brasileira de casulos, atividade desenvolvida em pequenas propriedades rurais distribuída em cerca de 200 municípios, grande parte na região Norte do Paraná.

O projeto da UEL tem o objetivo de dar visibilidade à produção de seda da região, considerando o potencial empreendedor e a capacitação de artesãos, além de interessados em uma nova fonte de renda. A iniciativa aproveita a expertise da Empresa Bratac Fiação de Seda de Londrina, localizada na região oeste de Londrina, que detém toda a etapa da cadeia, desde a produção até a exportação do fio, para ampliar este nicho de mercado, visando a formação de uma cadeia produtiva, que transforme a seda crua em produto final.

Agência UEL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s