Eventos

Mawaca: a força da voz feminina

thumbnail_Mawaca - cred. Jorge Lepesteur web

Grupo composto por cantoras apresenta em Londrina, pelo projeto circulasons, canções de diferentes etnias no espetáculo Nama Pariret

Elas cantam em 20 línguas diferentes e seu repertório reúne temas das mais diversas regiões do mundo. Com 23 anos de estrada, o grupo Mawaca apresenta em Londrina o espetáculo Nama Pariret no dia 22 de novembro, às 20hs, no Teatro Ouro Verde/UEL pelo projeto circulasons.

Com direção musical e arranjos de Magda Pucci, o show ressalta a força feminina com ladainhas, cantos de trabalhos e canções de amor de lugares como Finlândia, França, Mongólia, Itália, Haiti e Curdistão, entre outros. São temas da tradição oral com grande diversidade cultural e sonora.

Os ingressos custam R$ 40 (individual meia), R$ 80 (individual inteira), à venda online pela Sympla.

Os pontos de venda de ingressos físicos oferecem uma promoção: 2 ingressos custam R$ 80.

SERVIÇO – NAMA PARIRET – Show com grupo Mawaca. Dia 22 de novembro, às 20hs, no Teatro Ouro Verde/UEL (R. Maranhão, 85), pelo projeto circulasons.

PONTOS DE VENDA – Sympla (Venda online)

-Brasiliano Bar & Cozinha (R. Espírito Santo, 655)UEL

-Sonkey Instrumentos Musicais (R. Souza Naves, 9)

-Loja Ciranda (R. Hugo Cabral, 656)

-Teatro Ouro Verde/UEL

OFICINA

A cantora e pesquisadora Magda Pucci, diretora musical do grupo Mawaca, vai ministrar a oficina Cantos da Floresta – O universo musical indígena no dia 23 de novembro, das 15hs às 18hs, no Sesi/AML (R. Maestro Egídio Camargo do Amaral, 130). As inscrições custam R$ 55 (estudantes de música da UEL pagam apenas R$ 40) e podem ser feitas na Sympla – basta digitar Mawaca na busca.

PROJETO

O circulasons é um projeto com idealização, curadoria e produção de Janete El Haouli por intermédio da TOCA: arte ação criação.

Com a proposta de trazer a Londrina artistas de renome internacional, o circulasons apresentou em setembro um show com Ná Ozzetti, Zé Miguel Wisnik, Lívia Nestrovski e Fred Ferreira. Em outubro, foi a vez da violonista e cantora Badi Assad. Os shows causaram impacto pela qualidade das apresentações.

REALIZAÇÃO – TOCA: arte ação criação/Janete El Haouli

Divulgação

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s