Noticias

Prefeitura e concessionárias entregam oito novos ônibus SuperBus para o transporte coletivo de Londrina

Veículos do modelo BHLS começaram a rodar já nesta segunda (21); inicialmente, novos veículos devem atender 4 linhas com grande demanda

superbus.V2

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, entregou na manhã desta segunda-feita (21), na praça do Centro Cívico, as chaves de oito novos ônibus que a partir de hoje passam a integrar a frota do transporte coletivo. Com investimentos na ordem de R$ 4 milhões, cujo valor já estava previsto na composição da tarifa para 2017, inicialmente os veículos vão atender as linhas 222- Vale Azul; 213 – Estação Catuaí; 903 – Anel Central e 806 – Saul Elkind/Estação Catuaí.

Com 13,2 metros de comprimento, os coletivos são do modelo Superbus e seguem o conceito de BHLS (Bus with High Level of Service), desenvolvido na Europa como solução de mobilidade urbana para áreas densamente povoadas e com vias estreitas. Além de características de conforto e comodidade, como bancos estofados, ar-condicionado, wi-fi grátis e câmbio automático que diminui os “trancos” na troca de marchas, os novos ônibus são 100% adaptados ao transporte de cadeirantes.

Eles ainda são equipados com portas e retrovisores elétricos, assentos flexíveis e volantes ajustáveis para o motorista, rastreamento via satélite 24 horas por dia, suspensão a ar e motor traseiro Euro V, menos poluente e mais silencioso. Com a entrega, o número de carros padrão Superbus no município passa a ser de 16, sendo dois articulados e 14 convencionais. No total, a frota do município conta atualmente com 419 veículos.

superbus.V4

Durante a cerimônia, o prefeito Marcelo Belinati ressaltou a qualidade do transporte público em Londrina, principalmente em comparação com outras cidades do mesmo porte. “Fiz toda a minha graduação em Medicina indo e voltando dos lugares de ônibus. Dou muito valor à estrutura e aos trabalhadores do sistema. As falhas podem até existir, mas isso não tira o mérito do serviço que é prestado ao londrinense”, assegurou.

Marcelo afirmou que, para avançar ainda mais, a Prefeitura estuda a elaboração de um Plano Municipal de Mobilidade Urbana. O objetivo é que o estudo faça um raio-x da estrutura viária local e aponte caminhos para a resolução de gargalos no trânsito. “A intenção é que, com o levantamento, a gente consiga saber exatamente o que precisa ser feito e como deve ser feito”, explicou.

Além do projeto de mobilidade, que deve auxiliar a implementação do BHLS em Londrina, estão previstos no Superbus a construção de viadutos, duplicação de vias, onda verde, reforma e ampliação de terminais de integração, entre outras iniciativas. Viabilizado com recursos do PAC 2 e contrapartida de R$ 19 milhões da Prefeitura, a expectativa é que o conjunto de ações do novo sistema de transporte seja finalizado até 2020.

Durante a solenidade, o prefeito anunciou que a administração pretende lançar, ainda no segundo semestre, o maior plano de recapeamento asfáltico já realizado na cidade. “No início da gestão, identificamos que 60% do asfalto em Londrina precisava de algum tipo de manutenção. Isso tem impacto direto na vida das pessoas, pois pode causar acidentes, sujeira, falhas mecânicas nos automóveis e problemas de saúde relacionados à poeira”, comentou.

Diante do diagnóstico, a intenção do Executivo é que o Município integre, com autorização da Câmara de Vereadores, um consórcio público cuja principal atividade é o atendimento às demandas de pavimentação asfáltica. “Para a promoção de melhorias na vida do londrinense, temos feito todos os esforços necessários como o corte de cerca de 200 cargos comissionados e de indicação política, economia com alugueis na ordem de R$ 650 mil e revisão de contratos, visando sempre a diminuição de gastos”, afirmou Marcelo.

Transporte coletivo

O presidente da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), Moacir Sgarioni, comemorou a entrega dos novos ônibus e reafirmou o compromisso da companhia em continuar buscando alternativas para a construção de um sistema de trânsito e transporte cada dia melhor. “Hoje é dia de celebração, mas também de reiterar nossa vontade em continuar avançando. Números como 50 milhões de passageiros transportados e 28 milhões de quilômetros rodados no ano nos dão ainda mais energia para aprimorar o transporte público”, enfatizou.

Além do prefeito e do presidente da CMTU, participaram da cerimônia o gerente da concessionária TCGL, Gidalmo Mendonça, o diretor do grupo GBS (proprietário da Londrisul), Estefano Boiko, o presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina (Ippul), Nado Ribeirete, os vereadores Filipe Barros, Ailton Nantes, Vilson Bittencourt, Péricles Deliberador, Emerson Petriv (Boca Aberta), Jairo Tamura, Jamil Janene e representantes do secretariado municipal.

Fotos: Vivian Honorato
Com informações do Núcleo de Comunicação da Prefeitura de Londrina

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s